00:31
Desta vez és uma prosa diferente.
Gostaria de falar, que você se deixou apaixonar por alguém que adora escrever.
E que, ainda bem, que nós somos ilimitados por dentro.
Somos um “vazio’’ cheios de espaços, e cheio de coisas ao mesmo tempo.
Não vejo meus limites em escrever poesias sobre você.
Na verdade, se tratando de você, é como chegar numa sessão de poesia em uma biblioteca.
É só caminhar meus olhos sobre você.
E tudo se torna tão fácil, porque, no momento em diante em que eu fito meus olhos nos teus, eles me contam segredos quando tua voz não tem coragem.
Teu corpo te desobedece quando sente meu toque.
Você pode até ser bem racional, mas meu romance consegue tirar você da pista, como um carro desgovernado que passa a cem quilômetros por hora numa curva fechada.
O bom é que após perder todo seu controle, não existe penhasco nenhum, não existe fim, nem se quer um ponto final.
Após que você passa direto pela curva, tudo que lhe resta é mergulhar no meu romance exagerado.

#shandy_crispim#prosa#literariamente

Mensagens Relacionadas

NÃO SEI O TEU NOME

NÃO SEI O TEU NOME
Não sei o teu nome
Perdi-me no teu olhar;
Me encantei pela tua simplicidade;
Me apaixonei pelo lindo sorriso
Meus lábios almejam os seus
Meus pen...

(...Continuar Lendo...)

#nzongo_branco_dias#prosa#literariamente

INTEMPÉRIE

INTEMPÉRIE
temporal d'água
com muita chuva
encheu as luvas
de enxurrada.
Saiu arrastando
carros pelas ruas
alagou as casas
minha e sua.
Desceu asf...

(...Continuar Lendo...)

#poemas#agua#antonio_montes#prosa#literariamente

Segunda Via

Segunda Via
Quero viver no sonhar
Pois lá você é minha
Onde toda fantasia obtinha
Sem medo de acabar
Realidade imaginada aclarar
Regada a doce molinha
Das lág...

(...Continuar Lendo...)

#ygor_mattenhauer#prosa#literariamente

O AMOR VOCÊ E EU

O AMOR VOCÊ E EU
Lembro de você menina
Linda e toda prosa
A tagarelar.
Lembro que você dizia
Que comigo um dia
Iria se casar.
Lembro de nós dois juntinhos
(...Continuar Lendo...)

#elciomoraes#prosa#literariamente

BARQUEIRO E CARTA

BARQUEIRO E CARTA
Lá vai ele... O barqueiro,
com pedaço de rapadura
com seu barco, e seu saco,
e dentada com boca dura
Sacode seu remo ao vento
empurra n'água o rem...

(...Continuar Lendo...)

#antonio_montes#prosa#literariamente

SAUDADE

SAUDADE
Dentro de mim, meu coração é um gerador infindo de saudade. Pergunto ao vento por onde tu andas neste momento, porque faz tempo que ele não me traz o cheiro do teu perfume. Hoje, quando ...

(...Continuar Lendo...)

#saudades#bruno_oggione#longe#prosa#literariamente