Roda dos Grandes

Roda dos Grandes
Ah se Deus assim me permitisse
Juntaria todos para uma prosa à beira-mar
Chamaria o Buarque, Gonzaguinha, o Vinicius, dentre tantos, Jamelão não poderia faltar.

Eu pegaria um pandeiro e um violão e ali iríamos musicalizar
Chamaria a moça mais bonita para conosco sambar
Ah como seria esplêndida,
A roda que urgiria naquele lugar
Posso até imaginar…
Jobim tocando, Nogueira compondo.

Ah como eu iria gostar
Sem pensar duas vezes só iria admirar
O grande espetáculo por mim presenciado
Dali sairia música boa.
Pode até dizer que poesia já seria.

Ah como eu queria, seria só alegria.

Mas, como não pode ser realizar
Deixo o meu agradecer em forma de poesia
Salve, Salve ao legado que os Grandes deixaram!

#beatriz_barreto#prosa#literariamente

Mensagens Relacionadas

Parafraseando Elke Lubitz... "O sol é prosa a lua, poesia."

Parafraseando Elke Lubitz...
"O sol é prosa
a lua, poesia."
O verão é energia
o inverno, aconchego.
A primavera é esperança
o outono descarrego.
O jovem é afo...

(...Continuar Lendo...)

#poemas#verao#prosa#literariamente

escrevendo no livro da vida

escrevendo no livro da vida:
sou poesia e não prosa
sou verso e não estrofe
sou ponto e não acento
sou palavra e não frase
sou assim sem crase
sou eu sem gramática<...

(...Continuar Lendo...)

#gravidez#poema#fernanda_de_paula#prosa#literariamente

SAUDADE

SAUDADE
Dentro de mim, meu coração é um gerador infindo de saudade. Pergunto ao vento por onde tu andas neste momento, porque faz tempo que ele não me traz o cheiro do teu perfume. Hoje, quando ...

(...Continuar Lendo...)

#saudades#bruno_oggione#longe#prosa#literariamente

Gosto de prosa

Gosto de prosa, gosto de falar, de caminhar e sorrir - não quer me ouvir ?
Gosto de poesia ou ela gosta de mim, sempre juntas estamos...assim...
Gosto do sol, da alvorada e do arrebol... (...Continuar Lendo...)

#gravidez#poema#neusa_marilda_mucci_poetisa#prosa#literariamente

Queria escrever algo para você. Não sei o porquê, E não sei o que.

Queria escrever algo para você.
Não sei o porquê,
E não sei o que.
Pensei numa prosa,
Que assim como uma rosa,
Pode ser esplendorosa.
Desisti da prosa
E passe...

(...Continuar Lendo...)

#leblon#prosa#literariamente

A CARTEIRA

A CARTEIRA
Na beira do meio fio da rua
Próximo à boca de lobo
Despencou em tombo, caiu
Sem fala ali, ninguém viu
A carteira, bordada de couro
Sem vida e com reparti...

(...Continuar Lendo...)

#antonio_montes#prosa#literariamente