O Diálogo das Flores

O Diálogo das Flores
Amanhece, o clarão da luz do dia entra pela
fresta da janela.
Lá fora as flores do jardim,
começam a se abrir para o dia que se inicia…
Tímidas e silenciosas, cochicham entre si sobre
como a lua estava bela na noite que passou
e como o orvalho as acariciou durante o sono…
Estavam felizes, mas se perguntavam; porque
está tão triste a moça por trás daquela janela?
sabia-se que ela tinha perdido um amor…
Mas diziam: Como ela perdeu o que nunca teve?
A Rosa olha o Cravo ao seu lado e pensa; mesmo
que eu não o tenho, ele sempre estará por aqui…
O Jasmim, como se lesse o que ela pensou, lhe
diz: Não se iluda Rosa, alguém pode arrancá-lo,
e ela respondeu: A moça triste não deixaria,
afinal somos suas flores favoritas…
Ela até nos presenteou com um poema:
“A Rosa e o Cravo”.

O Girassol ao longe gritou:
Rosa atrevida, ela nos ama igualmente
temos que nos unirmos para alegrar o seu dia…
O Cravo, até então calado em seu canto, decidiu
intervir.
Quando ela vir até nós, exalaremos
perfumes ao seu redor.

A Dama da Noite, por motivos óbvios preferiu
não se envolver…
E o Cravo continuou: Que venham os pássaros
cantando uma canção, borboletas decorando
o clarão da natureza, com delicados tons, como
fadas brilhantes pintadas em telas…
A moça triste, se aproxima, ao ver o jardim
tão lindo, um leve sorriso se abre em seu rosto…
Ela senta na relva úmida pelo orvalho da manhã
Fica absorta em seus pensamentos admirando
tudo em silêncio…
Naquela paz interior pensa: Amanhã é outro dia
vou deixar essa tristeza no ontem e viver o hoje
e quem sabe serei feliz no amanhã.

#leila_mustafa#prosa#literariamente

Mensagens Relacionadas

PERFEITO EU

PERFEITO EU
Perfeito eu? Não... Nã, nã, ni, não, não!
Eu não sou perfeito e não poderia ser
Pois sou humano e tenho um coração
Coração que me eleva aos céus dos
sonhos e...

(...Continuar Lendo...)

#antonio_montes#prosa#literariamente

Eu era canto negro de candeia Ela, epopeia e prosa, poesia e canção Poema de Eddas, Valquíria de Odin De certo, luara por onde andara E amara por amarar

Eu era canto negro de candeia
Ela, epopeia e prosa, poesia e canção
Poema de Eddas, Valquíria de Odin
De certo, luara por onde andara
E amara por amarar
Eu, Quelé do Paje...

(...Continuar Lendo...)

#tiago_fehagan#prosa#literariamente

Prosa Poética: “O caipira João” Thaís Falleiros 21-06-2013

Prosa Poética: “O caipira João”
Thaís Falleiros 21-06-2013
Era uma vez um caipira, bem caipira sô
Humilde e tímido
Mas como diria minha avó, bem afeiçoado
Era Bicho-do-ma...

(...Continuar Lendo...)

#thais_falleiros#prosa#literariamente

POESÍA,PROSA, POETA

POESÍA,PROSA, POETA
Para escrever poesia, é preciso ler poesia e saber onde se encontra a essência dessa forma de expressão.
A poesia é uma linha cercada de palavras por todos os lados. (...Continuar Lendo...)

#abel_albertoferro_quente_e_vadocharme#prosa#literariamente

Apreciar é um dom Observar uma habilidade Descrever é talento

Apreciar é um dom
Observar uma habilidade
Descrever é talento
.
Qualquer um pode fazer
eu só descrevo tentando fazer poesia,
é facil como maresia
;
Mas ...

(...Continuar Lendo...)

#agata_rosario#prosa#literariamente

NÃO SOU POETA

NÃO SOU POETA
Quem me dera se eu fosse poeta
E dos amores saber contar
Falaria dum amor verdadeiro
Porque da verdade o amor não sabe calar.
Quem me dera prosar em versos<...

(...Continuar Lendo...)

#gil_buena#prosa#literariamente