Madrigal Melancólico

Madrigal Melancólico
O que eu adoro em ti
Não é a tua beleza
A beleza é em nós que existe
A beleza é um conceito
E a beleza é triste
Não é triste em si
Mas pelo que há nela
De fragilidade e incerteza
O que eu adoro em ti
Não é a tua inteligência
Não é o teu espírito sutil
Tão ágil e tão luminoso
Ave solta no céu matinal da montanha
Nem é a tua ciência
Do coração dos homens e das coisas.

O que eu adoro em ti
Não é a tua graça musical
Sucessiva e renovada a cada momento
Graça aérea como teu próprio momento
Graça que perturba e que satisfaz
O que eu adoro em ti
Não é a mãe que já perdi
E nem meu pai
O que eu adoro em tua natureza
Não é o profundo instinto matinal
Em teu flanco aberto como uma ferida
Nem a tua pureza.
Nem a tua impureza.

O que adoro em ti lastima-me e consola-me:
O que eu adoro em ti é a vida!

#poemas#poesias#inteligentes#beleza#famosas#poesia#manuel_bandeira#adoro#manoel#bandeira#modernismo#manuel

Mensagens Relacionadas

Belo belo II

Belo belo II
Belo belo minha bela
Tenho tudo que não quero
Não tenho nada que quero
Não quero óculos nem tosse
Nem obrigação de voto
Quero quero
Quero a solid…

(…Continue Lendo…)

#poemas#poesias#manuel_bandeira#manoel#bandeira#modernismo#manuel

Consoada

Consoada
Quando a Indesejada das gentes chegar
(Não sei se dura ou caroável),
talvez eu tenha medo.
Talvez sorria, ou diga:
— Alô, iniludível!
O meu dia foi bom, p…

(…Continue Lendo…)

#poemas#poesias#manuel_bandeira#manoel#bandeira#modernismo#manuel

Poética

Poética
Estou farto do lirismo comedido
Do lirismo bem comportado
Do lirismo funcionário público com o livro do
ponto expediente protocolo e
manifestações de apreço ao Sr…

(…Continue Lendo…)

#profissional#homenagem#poemas#poesias#reconhecimento#manuel_bandeira#manoel#bandeira#modernismo#funcionarios#manuel
Cria

Cria

Cria, e terás com que exaltar-te
No mais nobre e maior prazer.
A afeiçoar teu sonho de arte,
Sentir-te-ás convalescer

#poemas#poesias#manuel_bandeira#manoel#bandeira#modernismo#manuel

Boda Espiritual

Boda Espiritual
Tu não estas comigo em momentos escassos:
No pensamento meu, amor, tu vives nua
- Toda nua, pudica e bela, nos meus braços.
O teu ombro no meu, ávido, se insinu…

(…Continue Lendo…)

#marido#apaixonadas#poemas#poesias#manuel_bandeira#manoel#bandeira#modernismo#manuel

A Cópula

A Cópula
Depois de lhe beijar meticulosamente
o cu, que é uma pimenta, a boceta, que é um doce,
o moço exibe à moça a bagagem que trouxe:
culhões e membro, um membro enorme e t…

(…Continue Lendo…)

#poemas#versos#poesias#manuel_bandeira#manoel#bandeira#modernismo#manuel