Luz nas sombras

Mirradinho e feio, com oito anos aparentava seis… Socialmente, um desastre! Artur era um problema na escola especializada em excepcionais.
Inquieto, violento… Tormento dos menores, permanente preocupação para professores.
Embutido em si mesmo, não se comunicava… Só agredia, habilidoso na arte de desferir pontapés.
Ana Rosa, inteligente orientadora pedagógica da instituição, procurou-o.
– Oi! Tudo bem?…O menino fitou-a, impassível.
A jovem tocou-o de leve, ensaiando um carinho.
Ele se colocou na defensiva, armando o pé para o golpe certeiro.
– Não gosto de você! – Falou, ameaçador, como fazia sempre que alguém tentava contato.
– Pois eu gosto muito de você! – Respondeu, sorridente.
Surpreso, Artur afastou-se a correr.
Ana Rosa estudou seu prontuário.
Visitou sua casa.
Consultou a vizinhança.
Era filho de mãe solteira, que o abandonara recém-nascido.
Quem cuidava dele era uma velha tia, alcoólatra, que, quando embriagada, divertia-se surrando-o.
O garoto nunca conhecera ternura, solicitude, atenção…Ana Rosa compadeceu-se.
Dispôs-se a ajuda-lo.
O primeiro passo era ganhar-lhe a confiança.
Sobrepondo-se à sua insociabilidade, repetia sempre:– Eu gosto de você!Tornou-se refrão.
Onde se encontravam, a saudação infalível:– Oi Artur!… Não se esqueça: Eu gosto de você!…O gelo começou a dissolver-se.
Para surpresa geral, o menino permitiu uma aproximação.
Brincavam juntos.
Aos poucos ela ganhou acesso ao seu mundo íntimo, repleto de temores e angústias, sombras que afastava, uma a uma, com a luz infalível:– Eu gosto de você!Artur começou a modificar-se.
Tornou-se comunicativo, aprendeu a sorrir… Ensarilhou as armas escondidas nos pés.
Já era capaz de conviver com outras crianças, sem atritos.
E veio a surpresa feliz: Revelou dotes promissores de inteligência e sensibilidade.
Longe da excepcionalidade, era apenas um menino amedrontado que se escondia num mundo de fantasia resguardado pela agressividade.
Meses mais tarde habilitou-se a ingressar numa escola para crianças de nível mental mais desenvolvido.
Abraçando-o, Ana Rosa despediu-se, dizendo-lhe ternamente:– Eu o verei sempre, Artur.
E não se esqueça: Eu gosto de você!Emocionado, aquele espírito que despertara para vida graças a alguém capaz de amar incondicionalmente, respondeu, voz entrecortada de lágrimas:Eu também gosto muito, muito mesmo, de você!

#otimismo#pedro_henrique

Mensagens Relacionadas

Uma criança viajando

O tempo vai passando e se a gente deixar o cansaço tomar conta, a vida vai perdendo a graça.As dificuldades vêm e aos poucos a gente vai esquecendo de se emocionar.Incrível, mas a emoção vai ficando pra trás. Não vemos mais graça em nada e as coisas mais simples vão perdendo o significado.Quando iss... (mais)

#otimismo

Não quero mais olhar para traz

Não quero mais olhar para traz,Pois muito sofrimento me traz!Escolho olhar pro futuro…
Pois lá está o que eu procuro!
Vivi muito tempo perdido,buscando o impossível!
Agora quero esquecer…
Olhar só para o futuro…
Lá está o que eu quero,A felicidade que eu espero! (mais)

#otimismo #vanessa_haas

Não importa como você cai

Não importa como você cai

Não importa como você cai, o que importa é como você se levanta.

#otimismo #chico_xavier

Concentre-se em fazer a sua parte

Um incêndio avançava sobre a floresta destruindo tudo o que encontrava pelo caminho. Os animais, assustados correm para se proteger na outra margem do rio. O “rei” leão procura por todos os seus amigos: lá estão os sapos, as cobras, os esquilos, as cabras, coiotes, os macacos, enfim, todos os animai... (mais)

#otimismo

O poder do entusiasmo

Entusiasmo é acreditar na nossa capacidade de fazer as coisas acontecerem, de darem certo, de transformar a natureza e as pessoas.Não espere ter as condições ideais para se entusiasmar.Nós é que temos que transformar a nossa vida numa Vida Entusiástica.Não é a realidade da vida que tem que nos entus... (mais)

#otimismo

Faça alguma coisa

Quando tiveres algum problema, faça algumacoisa! Se não puder passar por cima, passepor baixo, passe através, dê a volta,vá pela direita, vá pela esquerda.Se não puder obter o material certo, vá procurá-lo.Se não puder encontrá-lo, substitua-o.Se não puder substituí-lo, improvise.Se não puder improv... (mais)

#otimismo