Frases de Rafael Zafalon

Outros Autores

Pesquisa Avançada

Destrua minha vida

Destrua minha vida

"Destrua minha vida, não fale mais comigo e morra sozinho! " - assim dizia a carta à Vincent naquela noite estrelada.

#volte#falar#comigo#rafaelzafalon
A dor da ausência faz-nos desejar a cólera da partida

A dor da ausência faz-nos desejar a cólera da partida

“A dor da ausência faz-nos desejar a cólera da partida.”

#saudades#rafaelzafalon
O artista é um dramático - celebra nos lábios ora fadiga

O artista é um dramático - celebra nos lábios ora fadiga

“O artista é um dramático - celebra nos lábios ora fadiga, ora desgosto.”

#desgosto#rafaelzafalon
No Brasil

No Brasil

No Brasil, enquanto a estagnação das "escolas" for mais importante que a excitação curiosa das crianças, a educação que se pratica não será solução!

#gente#curiosa#rafaelzafalon
Não é o corpo que dita a beleza real

Não é o corpo que dita a beleza real

Não é o corpo que dita a beleza real, mas os olhos profundos que abraçam a alma.

#beleza#corpo#rafaelzafalon
Humildemente devo admitir

Humildemente devo admitir

Humildemente devo admitir, o ser humano foi o pior dos erros.

#admitir#erro#rafaelzafalon
Aquele que ama com a totalidade da alma

Aquele que ama com a totalidade da alma

"Aquele que ama com a totalidade da alma, repousa sem calar seus desejos."

#calar#rafaelzafalon
Celebremos a mediocridade dos invejosos

Celebremos a mediocridade dos invejosos

“Celebremos a mediocridade dos invejosos, a tolice dos narcisistas e a pequenez dos cobiçosos.”

#invejosos#rafaelzafalon
Na universidade da vida

Na universidade da vida

Na universidade da vida, o tempo leciona as lições que não são compreendidas com leveza.

#licoes#moral#rafaelzafalon
Acostumei-me à cínica banalidade da vida - meus

Acostumei-me à cínica banalidade da vida - meus

“Acostumei-me à cínica banalidade da vida - meus olhos trêmulos vêem monstros em vestes angelicais, a maldição dos cegos apaixonados.”

#ironicas#cinismo#rafaelzafalon
Em tempo algum jures amor - tempos de indiferença

Em tempo algum jures amor - tempos de indiferença

“Em tempo algum jures amor - tempos de indiferença, escarram-se vidas, degustam-se semblantes.”

#amor#indiferenca#rafaelzafalon
O romantismo é sinfônico baile de cores mas

O romantismo é sinfônico baile de cores mas

O romantismo é sinfônico baile de cores mas, direi-lhe então que, uma vez entrelaçadas, têm-se eterna escuridão.

#romantismo#rafaelzafalon#baile
Meus lábios saúdam à vida

Meus lábios saúdam à vida

“Meus lábios saúdam à vida, rijos e pálidos, jamais regados por beijos apaixonados.”

#poemas#apaixonados#rafaelzafalon