Prosa...

Prosa…
Estou acomodado em algum desses brancos bancos, o dia está fresco e a maré, alta, a estrada engarrafada, o brilho do sol muito intenso, esse cheiro da água salgada me lembra o peixe-carapau e eu aqui sem objectivo, só escrevo… devia escrever sobre essas palmeiras, porque elas me lembram os meus cadernos, porque estão cheias de folhas, eu continuo sorrindo sem motivo nenhum, aqui às pessoas também só correm sem motivo nenhum, até o tempo passa sem motivo nenhum, mas eu sinto que vai sempre faltar algo, sempre faltou algo, por isso desapego-me…
Hoje tenho pouco tempo, então um pouco mais rápido escrevi em prosa…
Prosa…

#telmo_cordeiro#prosa#literariamente

Mensagens Relacionadas

Élcio José Martins GUARANÉSIA Essa cidade já foi contada em verso

Élcio José Martins
GUARANÉSIA
Essa cidade já foi contada em verso, prosa e canção,
Sua semente já colheu muitos frutos pra nação.
Sempre foi um marco na cultura e educação,
(...Continuar Lendo...)

#elciojose#prosa#literariamente

Já me entreguei em poesias

Já me entreguei em poesias, já me dei em versos
Fiz prosa, cantei poemas...dancei !
Na lua viajei pra te encontrar
Mar atravessei
Para te tocar me fiz música
Corri estra...

(...Continuar Lendo...)

#leonia_teixeira#prosa#literariamente

Quem escreve tem grande responsabilidade com quem ler

Quem escreve tem grande responsabilidade com quem ler.
Descobri, talvez tardiamente, que existem pessoas de fato interessadas em aprender algo nas redes sociais.
Há por exemplo, pessoas qu...

(...Continuar Lendo...)

#evan_do_carmo#prosa#literariamente

escrevendo no livro da vida sou poesia e não

escrevendo no livro da vida
sou poesia e não prosa
sou verso e não estrofe
sou ponto e não acento
sou palavra e não frase
sou assim sem crase
sou eu sem gramática (...Continuar Lendo...)

#gravidez#poema#fernanda_de_paula#prosa#literariamente

IMPOTÊNCIA

IMPOTÊNCIA
Sinto-me constantemente sensibilizado por imagens que não posso mais viver e envolvo-me em pensamentos empoeirados. As visões de ontem compõem um tênue grito de luta; no entanto, o te...

(...Continuar Lendo...)

#bruno_oggione#prosa#literariamente

Dois Dedos De Prosa

Dois Dedos De Prosa
De repente!
Me vejo tão só…
E começo a tocar a solidão!
A solidão dos meus dias
sem você…
E o vizinho emocionado.
Bate à minha porta! (...Continuar Lendo...)

#dayse_sene#prosa#literariamente