IMPOTÊNCIA

IMPOTÊNCIA
Sinto-me constantemente sensibilizado por imagens que não posso mais viver e envolvo-me em pensamentos empoeirados.
As visões de ontem compõem um tênue grito de luta; no entanto, o tempo de tormenta impera.
Os vultos dos que me foram implacáveis são obliterados na fogueira da solidão, e sigo vivendo em dunas de cinzas.
As rosas do meu jardim extinguem-se e libertam-se com essências de papoula.
Embora o tempo arraste e devaste tudo o que tenho, a permanência do que sou ainda resiste.
A solidão funde-se à minha sombra e nesse ínterim minhas lágrimas não lavam as poeiras do pensamento.

#bruno_oggione#prosa#literariamente

Mensagens Relacionadas

Mais dia

Mais dia, menos dia
Numa hora escrever prosa
era tudo que eu queria
de maneira religiosa
comparar-te à cor da rosa
pois por rosas você ria
eu tive essa garantia
(...Continuar Lendo...)

#edson_ricardo_paiva#prosa#literariamente

UMA ROSA

UMA ROSA
Uma rosa é uma rosa
De uma beleza caprichosa
De um perfume em prosa
É comunhão, é jóia preciosa
Uma rosa faz sedução
Em ramalhete e ou botão
É fecho ...

(...Continuar Lendo...)

#prosa#literariamente#primeira_comunhao

Sóbria

Sóbria, sou prosa,
Embriagada sou poesia
A poesia e que alimenta meus dias de prosa, com ela brinco de faz de conta...
Finjo saber o que não sei
E também desconhecer o que já s...

(...Continuar Lendo...)

#mara_lopes_robaina#prosa#literariamente

História

História ...
Cada um tem a sua..
Verdadeira...falsa..suave..intensa..
Contada em verso e prosa...
Por vezes emociona..
Por vezes amedronta...
Por vezes consola.. (...Continuar Lendo...)

#felicio#prosa#literariamente

Maldição

Maldição...sem tostão.
Um vento que aspira, outro que embirra.
A porta que fecha, pois a besta não deixa.
Uma luz ofuscada, onde o gato passava.
Uma voz que envergo, um grito t...

(...Continuar Lendo...)

#nuno_nebel_pitada#prosa#literariamente

SOTURNO

SOTURNO
Eu tenho criado mudo...
Mudo no quarto não fala
as vezes mudo do canto
mas nunca chega na sala.
Mudo sempre na casa
sem palavra ali, pronto
aonde guar...

(...Continuar Lendo...)

#antonio_montes#prosa#literariamente