Nirvana

Nirvana

O nirvana é a meta final do budismo.
Todo praticante da religião busca esse estado, que representará o fim do sofrimento e de todas as suas causas, o fim do desejo e da insatisfação.
O nirvana pode ser chamado também de liberação e iluminação.
É a liberação da samsara e da ignorância, a iluminação plena, a compreensão de tudo.
Ao alcançar o nirvana, uma pessoa outrora comum torna-se Buda e conhece a paz suprema.

#budistas#praticas

Mensagens Relacionadas

Religião não teísta

Não há culto a nenhum Deus no Budismo, embora existam divergências de culto e devoção nas diversas correntes nas quais a religião se divide, em seus princípios clássicos, o Budismo não se baseia na existência de um Deus criador ou onipotente. Como no Budismo não existem os absolutos, isso é, não há ... (mais)

#praticas-budistas

Sutras

Sutras

Siddhartha Gautama, o primeiro Buda, que lançou as bases da religião a partir das meditações que o levaram à iluminação, não deixou um livro sagrado nos moldes da Bíblia ou do Alcorão. Porém o seu primeiro grupo de seguidores deixou registros de seus ensinamentos orais, os chamados sutras, que são c... (mais)

#praticas-budistas

Flor de Lótus

A flor de lótus é um dos símbolos mais marcantes do budismo. Diz-se que o Buda Gautama, ao caminhar, fez brotarem sete flores de lótus de seus passos. A flor aberta representa a ascensão espiritual. Além disso, as características físicas da flor reforçam o seu significado de pureza espiritual. Ela n... (mais)

#praticas-budistas

Karma e Samsara

A samsara é o ciclo incessante de morte e renascimento. Ele envolve seis mundos, três inferiores e três superiores. O mundo humano é intermediário e permite que se desenvolva a consciência necessária para se libertar do sofrimento. Na samsara, existe o sofrimento devido à ignorância que gera conflit... (mais)

#praticas-budistas

Quatro Nobres Verdades

Foram os primeiros ensinamentos deixados pelo Buda Gautama e são um dos elementos centrais do Budismo. São as seguintes:
- A Verdade do sofrimento (dukkha). Ele existe e a vida leva ao sofrimento;
- A Verdade das causas do sofrimento (samudaya), que são o desejo e a cobiça, por sensações... (mais)

#praticas-budistas

Alimentação

O Budismo não tem regras estabelecidas sobre que tipo de alimentos se deve ou não ingerir, mas muitos budistas são vegetarianos. Isso ocorre porque a religião prega a compaixão para todos os seres vivos e acredita na reencarnação em seres diferentes (um ser humano pode ter sido um animal em outra vi... (mais)

#praticas-budistas